universidade federal do tocantins campus...

Click here to load reader

Post on 09-Nov-2018

214 views

Category:

Documents

0 download

Embed Size (px)

TRANSCRIPT

  • UNIVERSIDADE FEDERAL DO TOCANTINSCAMPUS UNIVERSITARIO DE PALMAS

    MESTRADO EM CIENCIAS DO AMBIENTE

    NILMA SILVANIA IZARIAS

    DESCRIO ANATMICA E COMPARAO HISTOQUMICA DE INDIVDUOS

    Syngonanthus nitens (Bong.) Ruhland - ERIOCAULACEAE (Capim dourado),

    COLETADOS NO PARQUE ESTADUAL DO JALAPO E NO MUNICPIO DE

    TOCANTNIA TO.

    PALMAS

    2009

  • II

    NILMA SILVANIA IZARIAS

    DESCRIO ANATMICA E COMPARAO HISTOQUMICA DE INDIVDUOS

    Syngonanthus nitens (Bong.) Ruhland - ERIOCAULACEAE (Capim dourado),

    COLETADOS NO PARQUE ESTADUAL DO JALAPO E NO MUNICPIO DE

    TOCANTNIA TO.

    PALMAS

    2009

    Dissertao apresentada ao Curso de Ps-Graduao em Cincias do Ambiente da Universidade Federal do Tocantins como requisito para a obteno do ttulo de Mestre em Cincias do Ambiente.Orientador: Prof. Dr. Marcio Galdino dosSantos.

  • III

    Dados Internacionais de Catalogao na Publicao (CIP)Biblioteca da Universidade Federal do Tocantins

    Campus Universitrio de Palmas

    I98d Izarias, Nilma Silvania.

    Descrio anatmica e comparao histoqumica de indivduos Syngonanthus nitens (Bong.) Ruhland - Eriocaulaceae (Capim dourado), coletados no Parque Estadual do Jalapo e no municpio de Tocantnia TO. Nilma Silvania Izarias Palmas, 2009.

    107p.

    Dissertao (Mestrado) Universidade Federal do Tocantins, Curso de Cincias do Ambiente, 2009. Orientador: Prof. Dr.Mrcio Galdino dos Santos.

    1. Anatomia. 2. Histoqumica. 3. Capim dourado. 4. Syngonanthus nitens 5. I. Ttulo.

    CDD 628

    Bibliotecrio: Paulo Roberto Moreira de Almeida

    CRB-2 / 1118TODOS OS DIREITOS RESERVADOS A reproduo total ou parcial, de qualquer forma ou por qualquer meio deste documento autorizado desde que citada a fonte. A violao dos direitos do autor (Lei n 9.610/98) crime estabelecido pelo artigo 184 do Cdigo Penal.

  • IV

    DESCRIO ANATMICA E COMPARAO HISTOQUMICA DE INDIVDUOSSyngonanthus Nitens (Bong.) Ruhland - ERIOCAULACEAE (CAPIM DOURADO), COLETADOS NO PARQUE ESTADUAL DO JALAPO E NO MUNICPIO DE

    TOCANTNIA TO.

    Dissertao apresentada ao Programa de Ps-graduao em Cincias do Ambiente da Universidade Federal do Tocantins UFT, para obteno do ttulo de Mestre em Cincias do Ambiente, linha de pesquisa, desenvolvimento sustentvel.

    BANCA EXAMIDADORA

    _______________________________________________Prof. Dr. Mrcio Galdino dos Santos Orientador

    Fundao Universidade Federal do Tocantins

    _______________________________________________Prof. Dr. Alba Lucivania Fonseca Chaves

    Fundao Universidade Federal do Tocantins

    _______________________________________________Prof. Dr. Aparecido Osdimir Bertolin

    Fundao Universidade Federal do Tocantins

    Palmas TO, 28 de maio de 2009

  • V

    Povoado da Mumbuca!

    De uma abelha surgiu o nome, com esse nome um povoado, nesse povoado nasceram pessoas que com amor so lembrados, como: dona Laurinda que iniciou uma linda arte com capim dourado, uma mulher exemplar que ensinou a filha para essa linda arte

    continuar.

    Dona Mida essa arte aprendeu e valorizou, ensinou filhas e parentes com muito amor, e todos ns aprendemos com muita

    dedicao, pois no povoado Mumbuca costurar capim tradio.

    Dona Laurentina tambm filha de Laurinda, que sendo parteira pegou muitas crianas dando esperana para o

    Jalapo, com a graa de Deus nenhum morreu em suas mos.

    Mumbuca est localizada na regio do jalapo lugar de um povo simples e de bom corao. Ao visitar esse lugar voc no vai

    esquecer, ir ver mulheres com penteados tradicionais de coco e trana e o modo de vestir com muita alegria no deixam de sorrir.

    Nesse lugar a natureza presente est, as crianas fazem carrinho, bonecas de buriti para brincar e at rebeca para tocar cantar e

    alegrar.

    Por: Ana Claudia Matos.

  • VI

    Dedico:

    A Deus, por direcionar meus caminhos. Aos meus filhos Brbara, Jlia,

    Welington Filho, ao e meu esposo Welington, a minha me Marly e

    tambm a minha sogra Genesy, pelo carinho, compreenso, incentivo e

    ajuda incondicional....sempre.

  • VII

    AGRADECIMENTOS

    Acredito que um trabalho se torna grandioso em funo do empenho, participao e compromisso de uma

    equipe multidisciplinar. Este estudo s se tornou possvel pela colaborao de algumas pessoas e rgos a

    quem gostaria de expressar meus sinceros agradecimentos:

    Ao meu pai (in memria) pelo amor profundo, a minha saudade e meu respeito pelo homem que foi.

    Meus irmos Geraldo, Edna Aparecida, Rita Valdirene, Maria Rosa, Andria Eliane, e Jos Rubens,

    sobrinhos e cunhados (as) por todo amor, carinho e compreenso, que transmitiram mesmo distantes.

    A Eliane Marques, minha companheira, de mestrado, o qual teria sido mais difcil sem o seu apoio, carinho,

    pacincia e doao sempre.

    Aos professores e colegas do programa de Ps-graduao em Cincia do Ambiente, pelos ensinamentos e

    companheirismos.

    Ao meu professor doutor Marcio Galdino dos Santos, pela orientao, profissionalismo, ensinamentos e

    amizade. Pelo exemplo de profissional, que mesmo em sua ocupao cotidiana encontrou foras para aceitar

    ser o meu orientador.

    A minha professora querida doutora Alba Lucilvnia Fonseca Chaves, por toda pacincia, generosidade,

    pelos ensinamentos, carinho e amizade. Um exemplo de pessoa humana e profissional.

    Ao professor doutor Bertolin do departamento de microbiologia da UFT pela gentileza e colaborao.

    Ao professor doutor Guilherme Roberto do Departamento de Qumica da UFG pelo acompanhamento, apoio

    e carinho mesmo distante.

    A dona Ednalva, muito obrigada pelo carinho e os lanches nos dias de estudo.

    Ao senhor Adelsio da Mumbuca e ao ndio Milsom da fundao pro-cambix, por ter nos acompanhado nas

    coletas de campo.

    Por todos os moradores da comunidade da Mumbuca e Tocantnia que nos receberam com carinho.

    Ao Turista Mrio e ao prefeito de Mateiros por todo esforo em desatolar a Toyota nas veredas do Jalapo.

  • VIII

    Ao motorista Osmar, que nos acompanhou nas coletas de campo.

    Aos alunos e monitores da graduao em biologia da UFT, em especial Vagner, Pmela e Eliane pelas horas

    dedicadas no laboratrio de microscopia da UFT.

    Aos tcnicos de Laboratrio, Rita, Luciana e Fabiano pela sua presteza e dedicao, em especial agradeo

    tcnica e biomdica Gislane, por sua ajuda.

    Aos colegas de trabalho do colgio Estadual Gilvan Sampaio em Rubiataba-Go pelo apoio dado durante a

    minha ausncia.

    A escola de Tempo integral Pe Josimo Tavares e creche CEMEI da mame por ter acolhido meus filhos,

    durante todo trabalho de dissertao.

    Em especial ao governo do Estado de Gois pela concesso da licena para aprimoramento profissional e

    CAPES pela bolsa de estudos, possibilitando a realizao desse sonho.

    E Deus, por existir em minha vida.

    A todos que, direto ou indiretamente, colaboraram para a realizao deste.

    MUITO OBRIGADA!!!!

  • IX

    RESUMO

    Syngonanthus nitens (Bong.) Ruhland (capim dourado) pertence a famlia Eriocaulaceae e encontrada dentro da Unidade de Conservao - Parque Estadual do Jalapo-TO PEJ e no Municpio de Tocantnia-TO. Este estudo teve como objetivo descrever a estrutura anatmica e comparar a histoqumica de indivduos dessa espcie ocorrentes nos dois municpios citados acima. Para as anlises foram efetuados contes histolgicos a mo livre no material fresco, na regio mediana de cada rgo vegetal. Para a anlise histoqumica os cortes foram submetidos a reagentes para deteco de amido, lipdios, substncias fenlicas, ligninas, flavonides, alcalides e terpenos com as solues de Lugol, Sudan III, cloreto frrico, floroglucinol em meio cido, DMACA, Dragendorff, DNP, respectivamente. Os resultados da descrio anatmica dos rgos vegetativos dos indivduos coletados nas duas micro-regies apresentaram-se semelhantes, diferindo apenas na presena de lacunas do protoxilema no escapo floral do vegetal coletado em Tocantinia. No perfil histoqumico do vegetal encontrou-se o (PRESENA) amido nos rgos fotossintetizantes e de armazenamento; lipdios na cutcula dos rgos areos; lignina nos periciclos de todos os rgos. Nos escapos florais evidenciaram-se substncias fenlicas e terpenos no colnquima e no parnquima clorofiliano,alm (DESTES) de flavonides e alcalide. Nas folhas, todos os metablitos encontrados no escapo floral foram evidenciados nos parnquimas clorofilianos esponjoso e palidico. No rizoma, houve resultado positivo para amido e alcalides. Esses resultados indicam a complexidade da caracterizao qumica das estruturas anatmicas, evidenciando as adaptaes metablicas necessrias planta para estabelecer-se em diferentes ambientes.

    Palavras-chaves: Anatomia; Eriocaulaceae; Capim dourado; Histoqumica; Syngonanthus nitens.

  • X

    ABSTRACT

    Syngonanthus nitens (Bong.) Ruhland (golden grass) belongs to the family of Eriocaulaceae and is found in the Concervation Unity Statual Park of Jalapo SPJ in the municipality of Tocantnia-TO. This reseach has the objective to describe the anatomic structure and compare the histoquimic of the individuals of this species occurrent in both of the mentioned cities. For the analysis were effectuated histoligics counts by hand-free in the fresh material, in the medium region of the vegetable organs were carriedout for the analysis. In the Histoquimicthe histologic cuts were subjected to reagents fot the starch detection, lipidios, fenolic substances, ligninas, flavonoy, alcaloy and terpen with the solution of Lugol, Sudan III, ferric chloride, floroglucinol in a